Amizade

São muitos os textos que nascem na ludoteca, espontaneamente. Uns vão parar a cartas de amigas, outros a cartas dirigidas às monitoras, outros ficam perdidos pelos moveis, no meio dos livros ou por entre os desenhos e pinturas que ficam a secar.

Às vezes ainda vamos a tempo de os apanhar e afixar num dos quadros da ludoteca, outras vezes são demasiado pessoais e não podemos fazer outra coisa senão guardá-los no bolso, na mala, na gaveta, outros só nos são mostrados, de fugida, para depois desaparecerem, serem entregues às mães ou simplesmente acabarem rasgados pela furia da timidez.

Desta vez decidimos pedi-los para colocar no blog e a Tieta, uma das nossas frequentadoras que mais escreve, aceitou. Assim que viram, outros começaram a querer que colocássemos os textos deles também aqui.

Não são textos revistos por nós ou por qualquer adulto, não são pedidos que lhes fazemos ou composições que têm de escrever sobre qualquer tema. São textos que lhes saem da vontade, daquele tempo (mágico) em que não têm nada para fazer e estão prestes a sentir-se aborrecidos... e escrevem. São deles, apenas. Nós só nos limitamos a colocá-los aqui com a sua autorização.


Amizade.

Amizade é perdoar porque ninguém é perfeito.

Amizade é ter verdade pelos companheiros.

Amizade é fazer as pazes com os inimigos.

Amizade é respeitar as nossas diferenças.

Amizade é partilhar o amor, o sofrimento, as tristezas, etc...

Amizade é amar para seres amado.

Amizade é a beleza do mundo e a amizade é bela como o romper da aurora.


Tieta, 14 anos

Comentários

II GP Galiza Corrida de Rolamentos

Tambóra Percussão O Filme