O dia da mãe



A festa do dia da mãe é talvez o dia em que a Ludoteca se enche mais. Enche-se claro de gente, mas enche-se também (e muito) de carinho.



Tiram-se sempre fotografias, de mães babadas e filhos vaidosos. Este ano escolhemos a nossa cadeira "namoradeira" para as fotos.




E não é todos os dias que nos dão autorização para pintar nas paredes, pois não? Este ano forrámos 2 paredes da ludoteca com papel de cenário e deixámos os artistas à vontade. Apesar da confusão, do barulho e da quantidade de gente, a concentração de alguns estava ao máximo.









Durante a tarde fizeram-se muitas prendas para todas as mães, mesmo aquelas que são tias ou irmãs mais velhas ou até mesmo pais.






O Bingo da Mãe foi um sucesso, especialmente porque o que ganhavam eram prendas para oferecer às mães. Ao fim do dia já não havia voz que aguentasse tanto "33... 54... 28... 79..."






Um bar improvisado bem no meio da ludoteca foi o que permitiu dar um lanche a todas as 88 pessoas que passaram pela ludoteca nessa tarde!

E mesmo em dias de festa, com uma ludoteca a abarrotar, há sempre um cantinho onde se pode jogar e brincar.



E foi neste maravilhoso estado que acabou o nosso espaço de pintura! Penduradas na parede já estavam 3 camadas de papel de cenário em cada parede. Foi pintar sem parar!

E foi assim na ludoteca. Muito obrigada mães.

Comentários

II GP Galiza Corrida de Rolamentos

Tambóra Percussão O Filme